O que é limoncello e onde nasceu ?

Limoncello é um licor doce feito de limão, mais especificamente limão siciliano. A história do limoncello se desdobra através de uma série de histórias e lendas.

A primeira diz que na Terra das Sereias, Zeus revelou a receita do preparo desse néctar a um mortal desconhecido. Outra estória, por outro lado, afirmam que os pescadores-agricultores costumavam beber um copo de licor de limão pela manhã (principalmente durante o inverno) para conseguir enfrentar as baixas temperaturas. O fato é que é uma bebida muito apreciada há muitos anos, inclusive pelos monges nos mosteiros. Sua paternidade é disputada entre Sorrento, Amalfi e Capri. Há, no entanto, uma cidade que detém uma vantagem sobre todas as outras: foi uma família de Capri que registou pela primeira vez a marca “Limoncello”.

Sua difusão mundial é muito recente e remonta à Dolce Vita de Capri, quando celebridades e cavalheiros ricos como Krupp bebiam o limoncello de Vincenza Canale , dono de uma pensão na ilha. A narrativa "oficial" diz que em Isola Azzurra, numa pequena e típica pensão, havia um maravilhoso jardim de limões e de laranjas. A cuidar deste oásis de cheiros e sabores estava a senhora Maria Antonia, que com os seus limões criava um licor excepcional e costumava oferecer aos seu hóspedes.



Quando chegou até ao seu filho que decidiu começar uma pequena produção artesanal de limoncello. Foi Massimo que registou, anos depois (1988), a marca "Limoncello".

Já na costa amalfitana, alguns argumentam que o licor possui origens muito mais antigas, relacionadas ao cultivo do limão no Século XI. Embora conhecida no tempo dos romanos, foi durante as Cruzadas que a indústria de limão começou a surgir na Costa Amalfitana.

São várias histórias, lendas, suposições, mas o que é unanimidade entre todos os povos e culturas é que o Licor de limão siciliano é uma delícia!